PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FISCAL DE SANTA CATARINA

Prefeitura de Florianópolis lança projeto Observador Mirim

Prefeitura de Florianópolis lança projeto Observador Mirim

Publicado em: Mon Nov 20 15:25:17 UTC 2017

Nesta terça-feira (21), a prefeitura de Florianópolis começa a implantar na rede municipal de ensino as atividades do projeto Observador Mirim. O projeto visa trabalhar lições de cidadania e educação fiscal com crianças das turmas dos anos iniciais e deve se estender até o final de 2018 a todas as unidades do município.

O lançamento e a aula inaugural irão ocorrer às 8 horas da manhã na Escola Básica Municipal Almirante Carvalhal, em Coqueiros. A parceria é entre a Secretaria Municipal de Educação, Observatório Social de Florianópolis, Associação Comercial Industrial de Florianópolis (ACIF) e o Conselho Estadual de Combate à Pirataria (CECOP).

De acordo com o Secretário Municipal de Educação, Maurício Fernandes Pereira, a cidadania é essencial no contexto da sala de aula. “O processo educativo deve ser responsável por levar os estudantes a perceberem sua importância na vida do outro, suas responsabilidades diante do mundo e as capacidades que devem desenvolver para exercitar essas práticas no decorrer da vida”.

Para subsidiar as atividades, foi desenvolvida uma cartilha chamada “Caderno de Educação Fiscal”, que é entregue aos estudantes no primeiro encontro. As atividades com os alunos serão realizadas com metodologias diversificadas, tais como jogos e teatros de interesse educativo, com objetivo de desenvolver a disciplina, cooperação e comprometimento social.

A cartilha

O Caderno de Educação Fiscal utilizado em sala de aula traz de maneira lúdica uma história em quadrinhos contada pela personagem Lupinha, que faz abordagens sobre o papel dos observadores mirins, como são estruturados os poderes no nosso país, lições de cidadania, o que são impostos e como devem ser aplicados.

Paralelo ao uso da cartilha são realizadas atividades e oficinas sobre os temas nela propostos, como a montagem de uma apresentação teatral sobre o planejamento de gastos públicos, e a simulação de uma loja, onde os estudantes podem comprar e vender, utilizando dinheiro de brincadeira, para perceber o real valor dos tributos embutidos em cada produto.

Cidadania desde cedo

Para o presidente do Observatório Social de Florianópolis, João Émerton, investir em educação é a chave fundamental para mudarmos o Brasil. “Não basta tentar somente controlar os gastos públicos dos políticos que aqui estão, temos que incentivar e educar aqueles que um dia estarão à frente de nosso país”.

Já para o presidente do CECOP, Jair Antonio Schmitt, esse projeto educacional vai sensibilizar o aluno da escola pública nas questões do desenvolvimento da cidadania e despertar os valores éticos e atemporais. “É preciso explicar para as crianças de onde vêm os recursos para aquisição de obras e serviços públicos, fornecidos pelo governo, de uma forma simples e compreensível. Explicamos também sobre os prejuízos sociais e econômicos causados pela pirataria em nosso estado”.

O professor Charles Schnorr, da Gerência de Projetos Inovadores da SME, conclui que o projeto consiste em uma atividade de apoio pedagógico e complementação educacional. “Com ele, as crianças podem desenvolver a personalidade vinculada às boas práticas, além de valorizar a cidadania e autoestima”.

› FONTE: Assessoria de Comunicação da PMF / floripanews